Pular para o conteúdo
Search

Ações de saúde garantem imunização de reeducandos do sistema prisional de Roraima

Na última semana, a equipe do Centro de Saúde Prisional de Roraima, em parceria com a Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) e Centro Universitário Estácio da Amazônia, promoveu uma ação de vacinação na PAMC (Penitenciária Agrícola do Monte Cristo).

A iniciativa contou com uma equipe multidisciplinar de saúde, incluindo profissionais de enfermagem da Sesau. O objetivo era imunizar todos os reeducandos contra a influenza e a covid-19.

Aproximadamente 1.900 reeducandos foram vacinados, nos dias 7 e 8 de agosto. Para garantir o sucesso da ação, o NEPNI (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunizações), subordinado à CGVS (Coordenação Geral de Vigilância em Saúde), apoiou a iniciativa ao fornecer as vacinas e materiais necessários.

A gerente de saúde do Centro de Saúde Prisional, Cláudia Araújo, enfatizou a importância do controle de doenças dentro das unidades prisionais e a necessidade de humanizar o ambiente prisional.

“garantimos que além de tudo, temos o cuidado em proteger a privacidade dos reeducandos ao escolher imagens que representem dignidade e adequadas para a divulgação. Com isso cumprimos nosso papel e temos um numero de imunizados que nos orgulha”, ressaltou.

A vacinação nas unidades prisionais do Estado é uma medida essencial para prevenir a disseminação de doenças, especialmente em tempos de pandemia.

A parceria entre órgãos de saúde e instituições educacionais demonstra o compromisso em promover a saúde e o bem-estar dos reeducandos, respeitando a dignidade humana mesmo em um contexto carcerário.

 

SECOM RORAIMA
JORNALISTA:
Dennis Martins
FOTOGRAFIA: Ascom/Sesau